5+1 chaves para que os hóspedes se sintam seguros no seu alojamento turístico

5 vantagens competitivas da utilização dos cupões de desconto para o seu negócio de férias
25 Junho, 2020
Webinar gratuito: Conselhos e estratégias de recuperação do seu negócio turístico
16 Julho, 2020

5+1 chaves para que os hóspedes se sintam seguros no seu alojamento turístico

A limpeza foi sempre um dos aspetos mais valorizados ao programar as férias e agora, mais do que nunca, fomos forçados a reordenar as nossas prioridades devido à pandemia e as nossas expectativas mudaram consideravelmente. Tornou-se assim um aspeto fundamental, que pode influenciar completamente o processo de reserva e a conclusão da mesma.

Há alguns meses atrás, reunimo-nos virtualmente com Doinn, um fornecedor de limpezas certificado, para falarmos sobre como deveríamos começar a limpar e desinfetar as nossas instalações na quarentena. Hoje voltamos a falar com a Noelia, a CEO, para que nos indique os cinco aspetos que não devemos descuidar nos nossos processos de limpeza para garantir a segurança dos nossos hóspedes:

 

1. Primeiro limpar, despois desinfetar

A limpeza é o ato de remover a sujidade, mas que não vejamos manchas, pó ou gordura não significa que esteja desinfetado e, portanto, não é uma garantia de segurança para os nossos hóspedes. Para o fazer, aconselhamos a aplicar um desinfetante após a limpeza e a deixá-lo atuar durante o tempo recomendado pelo fabricante.

É importante que a desinfeção seja a última coisa a ser feita; existem áreas de alto contato, tais como chaves, interruptores de luz ou o botão da cisterna que certamente voltaremos a tocar durante a limpeza da casa. Guarde este passo para o final para que o vírus seja derrotado com toda a certeza.

 

2. Coloque novamente a máquina de lavar louça

De acordo com o New England Journal of Medicine, o vírus pode permanecer na superfície durante vários dias, por isso é uma boa ideia colocar na máquina de lavar louça todos os talheres, copos e pratos da casa na limpeza da saída. Pensemos que, mesmo que pareçam estar limpos, podem ter sido infetados quando foram movidos de um lugar para outro pelo último hóspede e são objetos que vão diretamente à boca.

Deixe-os na máquina de lavar louça e explique aos novos hóspedes o motivo já que isto lhes oferecerá tranquilidade.

 

3. Não se esqueça dos comandos da televisão, ar acondicionado, etc

Para as empresas de limpeza profissional, a desinfeção dos comandos é um passo óbvio e muito básico, e certamente você também não se esquece disto desde o início desta situação. Até que não inventem uma aplicação para telemóvel que nos permita ter a certeza de que não há germes à nossa volta, recomendamos que, para além de o limpar, o cubra sempre com um saco ou papel transparente (que obviamente muda com cada novo hóspede). Assim, dar-lhe-á a confiança de que não há perigo de contágio quando o tocarem.

 

 

4. Livre-se do desnecessário: têxteis decorativos

Talvez só esse tapete combine com a colcha que escolheu há meses, e dê à sua casa uma personalidade de que não quer abdicar, mas a verdade é que os hóspedes compreenderão se forem dispensados este Verão.

Desinfetar os têxteis não é uma tarefa fácil. Existem sprays específicos para isto, mas para além do cheiro que emitem e que pode não agradar a todos, ninguém garante que possa chegar a cada esquina com eles. Uma opção mais natural é aplicar vapor, já que o vírus não sobrevive a temperaturas elevadas, mas alguns têxteis também não. Se queremos ser práticos, a coisa mais segura a fazer é reduzir ao mínimo o desnecessário.

 

5. Informe sobre os protocolos e solicite selos de qualidade

Faça todos os esforços para assegurar que os hóspedes se sintam seguros na casa antes de reservar e quando permanecerem na propriedade.  Se trabalha com serviços profissionais, tais como Doinn, peça-lhes informação sobre os protocolos aplicados e solicitar os selos de qualidade para os publicar nas plataformas e na sua página web. Em AvaiBook ativámos uma funcionalidade que lhe permite incorporar esta informação.

Quando os hóspedes chegam ao apartamento, não precisam de encontrar um cartaz gigante ou um dossier interminável sobre o vírus, provavelmente já ouviram o suficiente sobre o mesmo. Recomendamos, no entanto, que lhes dê acesso aos protocolos que implementou através de uma ligação na guia da casa ou carta de boas-vindas. E, porque não, pode também deixar um selo de garantia de limpeza e desinfeção como o que o Doinn deixa.

 

5+1. Ofereça um suplemento de segurança

Estamos perante uma crise em que prevalece a desconfiança: temos de proporcionar a máxima proteção aos nossos trabalhadores e o viajante pede cada vez mais para se sentir seguro nas nossas casas de férias. Porque não dá-lo?

É precisamente com esta ideia que nasceu a protegeatuviajero.es, um fornecedor de equipamento de proteção ao cliente (EPC) que resolve algumas das questões levantadas. O produto estrela é uma capa de proteção adicional e visível entre a capa do colchão e o lençol inferior, bem como entre a almofada e a fronha da almofada, com material 100% espanhol de eficácia comprovada. Informe-se sobre os seus produtos na página web deles.

Além disto, se quiser experimentar os serviços de limpeza certificados da Doinn, disponibilizamos um cupão (AVAIBOOK10) com o qual terá um desconto de 10%. na primeira compra.