¿Porque é que o Passaporte Sanitário Europeu é tão importante?

Guia para ser competitivo nas reservas “Last second”
28 Abril, 2021
Guia grátis: como trabalhar as redes sociais para o seu alojamento de férias
2 Junho, 2021

¿Porque é que o Passaporte Sanitário Europeu é tão importante?

Escrito por:

Sandra Navarro

Marketing e Comunicação

 

Desde o passado mês de fevereiro, diferentes conceitos como “passaporte de vacinação”, “passaportes covid” e alguns outros, para além dos já mencionados, começaram a ser ouvidos, referindo-se ao que agora é conhecido como o passaporte sanitário. 

Em que consiste? como funciona? para que serve? vai beneficiar o turismo? Estas são algumas das questões que todos nós nos colocámos e às quais vamos responder neste artigo. 

 

O que é o passaporte sanitário?

É verdade que não existe uma definição exata do que será, mas tudo indica que poderá ser um documento – o mais provável é que seja digital e em formato QR – que conterá informações de cada pessoa em relação à COVID-19 e será dividido em três secções: dados pessoais, dados da vacina e dados do emissor. 

Relativamente aos dados da COVID-19, especificará se essa pessoa passou, se está vacinada, se tem anticorpos… ou mesmo mostrar os últimos resultados dos testes PCR ou testes rápidos de antigénio (para que as pessoas que ainda não estão vacinadas possam -também- viajar).

O objetivo deste certificado é poder viajar em segurança dentro dos diferentes países da União Europeia, qualquer que seja a razão da viagem.  

 

Nomeado Certificado Covid-19 da UE pelo Parlamento Europeu

Com mais de 78% dos votos a favor, foi aprovado pelo Parlamento Europeu na quinta-feira 29 de abril e os eurodeputados exigiram que os testes PCR ligados a este passaporte fossem gratuitos. 

Concluiu-se também que não será obrigatório para as viagens, mas facilitará a viagem dos cidadãos e que a sua validade será de 12 meses. 

 

Como funcionará o Certificado UE Covid-19 nos diferentes países da União Europeia?  

As últimas notícias são que os viajantes titulares deste documento não devem estar sujeitos a restrições adicionais àquelas já indicadas no passaporte.  

É igualmente verdade, porém, que os Estados que assim o indicarem à Comissão podem também requerer uma quarentena ou um novo teste diagnóstico para os titulares deste certificado, desde que também informem os outros Estados Membros da União Europeia. 

 

O passaporte sanitário é benéfico para o turismo?

A resposta é mais do que clara: se este documento digital vai facilitar as viagens… sim, é positivo para o nosso sector e muitas empresas apoiam esta iniciativa. 

Além disso, a ideia é que estará disponível em meados de junho, pelo que poderá não serem apenas as viagens locais ou nacionais os protagonistas deste Verão de 2021. 

Quanto a Espanha, somos o terceiro país do continente mais a favor da chegada deste passaporte. 78% dos cidadãos concordam em pedir este certificado aos viajantes que queiram atravessar as nossas fronteiras (apenas atrás do Reino Unido e Itália) e estamos ansiosos por recuperar a liberdade de circulação e poder fazer uma das coisas de que mais gostamos … ver o mundo!